O que é Água Mineral

 

Definição:
De acordo com a Portaria 1.006 de 15/12/98, do Ministério da Saúde, "água mineral natural é a água obtida diretamente de fontes naturais (surgência espontânea ou nascentes) ou captadas através de bombas (poços), de origem subterrânea, caracterizada pelo conteúdo e proporção relativa de certos sais minerais e pela presença de oligoelementos e outros constituintes e que sejam bacteriologicamente puras". Define também, como "água potável de mesa e água obtida diretamente de fontes naturais ou artificialmente captadas, de origem subterrânea, que não atende às características de composição química e à classificação das águas minerais naturais, porém, atende às condições de potabilidade estabelecidas (na própria portaria)".
A mesma portaria estabelece os padrões que a água mineral e potável de mesa devem ter após acondicionadas: os limites de contaminantes inorgânicos (por exemplo metais pesados) e microbiológicos (por exemplo coliformes totais e fecais, pseudomonas, etc.); os critérios de higiene que devem obrigatoriamente ser tomados: e alguns dizeres da rotulagem, por exemplo sobre a concentração de flúor.

Classificação:
Segundo o Código das águas minerais, as águas classificam-se quanto à composição química em:

Oligominerais:    
quando, apesar de não atingirem os limites estabelecidos, possuem incontestável ação medicamentosa;
Radíferas:    
quando contiverem substâncias radioativas dissolvidas que lhes atribuam radioatividade permanente;
Alcalino-bicarbonatadas:    
as que contiverem, por litro, uma quantidade de compostos alcalinos equivalentes, no mínimo, a 0,200g de bicarbonato de sódio;
Alcalino-terrosas:    
as que contiverem, por litro, uma quantidade de alcalino-terrosos equivalentes, no mínimo a 0,120g de carbonato de cálcio, distinguindo-se as alcalino-terrosas cálcicas e magnesianas;
Sulfatadas:    
as que contiverem, por litro, no mínimo, 0,100g de sulfato, combinando ao sódio, potássio ou magnésio;
Sulforosas:    
as que contiverem, por litro, no mínimo, 0,001g de enxofre;
Nitratadas:    
as que contiverem, por litro, no mínimo, 0,100g de nitrato de origem mineral;
Cloretadas:    
as que contiverem, por litro , no mínimo, 0,500g de Cloreto de Sódio;
Ferruginosas:    
as que contiverem, por litro, no mínimo, 0,500g de Ferro;
Radioativas:    
as que contiverem, radônio dissolvido, detectado na fonte, obedecendo limites de unidades Maches por litro, a 20º C e 760 mm de Hg de pressão;
a. francamente radioativas: teor de radônio compreendido entre 5 e 10 Maches por litro;
b. radioativas: teor de radônio compreendido entre 10 e 50 Maches por litro;
c. fortemente radioativas: teor de radônio superior a 50 Maches por litro;
Torioativas:    
as que possuírem em teor de torônio em dissolução equivalentes em unidades eletrostáticas, a 2 unidades Mache por litro, no mínimo;
Carbogasosas:    
as que contiverem, por litro, no mínimo, 200mg de gás carbônico livre dissolvido, a 20º C e 760 mm de Hg de pressão.

Luciara dos Santos Zanesco
Farmacêutica Responsável
Empresa de Mineração Mantovani
Texto Informativo LOOP

Home      • EMPRESA      • ProdutOs      • DISTRIBUIDORES      • COMPRAS      • ContaTO
img
Copyright ©Água Mineral Aguai Ltda - 2008     mapa do site